Quer saber onde saborear um cachorro-quente no Rio?

Dizem que o cachorro-quente (o hot dog) foi criado por um alemão, se tornou popular nos Estados Unidos e chegou no Brasil primeiro no Rio de Janeiro, nos anos 1920, conquistando o país inteiro depois da Segunda Guerra Mundial. Para uns tem sabor de infância, para outros permanece como um dos lanches preferidos. O certo é que os ingredientes foram diversificando de acordo com a região do Brasil, podendo ser muito mais do que uma salsicha colocada dentro de um pão sovado.

No Dia do Cachorro-Quente separamos algumas dicas de onde se deliciar com o lanche no Rio de Janeiro.

Geneal – Pão, salsicha e mostarda é o cachorro-quente clássico da Geneal, que desde 1963 faz sucesso nas praias, festivais de música e estádios de futebol no Rio de Janeiro. Começou sendo vendido por ambulantes e em carrocinhas. Hoje também possui lojas espalhadas pela cidade, em pontos turísticos, shoppings e na orla.

Casa do Alemão – Famosa pelo seu cachorro-quente com linguiça, é quase parada obrigatória há décadas na estrada que leva a Petrópolis, na região serrana do estado do Rio. Atualmente a Casa do Alemão tem lojas em outras estradas no estado, como a BR-040, a Via-Dutra, a BR-101, além do Quitandinha e centro de Petrópolis e na capital carioca, na Barra da Tijuca.

Cachorro-Quente da Tia – O segredo do sucesso do Cachorro-Quente da Tia é o molho, uma receita secreta de Eny Matos, a Tia, muito conhecida em Jacarepaguá, zona oeste do Rio. Da barraquinha inicial na Praça Professora Camisão, na Freguesia, nos anos 1980, a Tia foi para um quiosque no local e expandiu o negócio em mais duas lojas, uma na Barra da Tijuca e outra na Taquara, também em Jacarepaguá. No cardápio tem cachorro-quente com linguiça de pernil e de frango e muitos acompanhamentos.

Cachorro-Quente do Oliveira – Oliveira está instalado numa estrutura fixa na calçada do bairro Humaitá, na zona sul da cidade. O seu cachorro-quente tradicional dá direito a linguiça ou salsicha suína, três molhos e acompanhamentos. Só de molhos, Oliveira oferece 13 tipos. Entre os acompanhamentos, cebola caramelizada, ovo de codorna, uva passa, milho, queijo ralado e batata palha. São mais de 20 anos atendendo uma clientela fiel.

Fontes: http://cqtia.com.br

https://www.casadoalemao.com.br

https://www.geneal.com.br

https://www.facebook.com/cachorroquentedooliveira

Fotos: @genealrj

@cqtia

@casadoalemaooficial

@cachorroquentedooliveira