Rota do Queijo: uma experiência autêntica

Um Turismo de Experiência é a proposta da Rota do Queijo, na região do Vale do Café. Reunindo produtores rurais do município de Valença, no estado do Rio, e proximidades, a ideia é proporcionar ao visitante a oportunidade não apenas de conhecer como se faz queijo além de, guardando os devidos cuidados e a rotina dos produtores, que ele produza o seu próprio queijo.

São visitadas quatro propriedades com diferentes tipos de manejo.  Da cabra às búfalas, do bezerro às vacas, para que todos experimentem as riquezas sensorial, degustativa e histórica. Histórica, porque a região tem ainda uma das maiores bacias leiteiras do estado, ostentando a fama de ser o local de “nascimento” de um dos queijos mais famosos do país, o queijo prato.

O roteiro organizado pela empresa WTS – Woods Tourism Sports – empresa de Valença dedicada ao turismo de experiência – é o seguinte:

Primeira visitação – Ecoleite

Por volta das 8 horas da manhã a Rota do Queijo inicia o trajeto partindo de Valença e levando à sede da Ecoleite. Lá é fabricado de forma artesanal e autoral queijos sofisticados, como o festejado “Neblina Azul”, tendo este sido reconhecido entre os melhores queijos do Brasil. O manejo diferenciado rendeu reconhecimento internacional da comunidade científica que já copiam o método utilizado na Ecoleite.

Segunda visitação – D´uvalle Queijaria

A anfitriã da vez será a D’uvalle Queijaria. Uma propriedade cheia de história e tradição, que fabrica e vende seus queijos há mais de 100 anos. A D’uvalle Queijos oferece vivência na produção de queijos artesanais de primeira qualidade, visitação e acompanhamento de cada etapa, aulas experimentais. Ali foi desenvolvido o premiadíssimo queijo “Pérola”, um tipo Canastra, maturado em uma sala erguida sobre uma rocha típica do Vale Do Café, que mantém naturalmente a temperatura do local, fazendo com que seu sabor e textura se tornem inigualáveis. A propriedade já está na quarta geração da mesma família.

Pausa para almoço

Momento de interação com comida feita em fogão à lenha.

Terceira visitação – Latte Buonno

Chegando ao “Rancho Lo Buono” sede da Latte Buono, os proprietários apostaram na criação de búfulas e hoje é referência em todo Estado do Rio de Janeiro no seguimento bubalino. A inspiração italiana para diversificação dos produtos extraídos do leite de búfula surpreende os visitantes apresentando de queijos deliciosos a iogurtes, doce de leite e um delicioso gelatto de sabores variados. O ponto alto nessa vivência se dá quando os visitantes se dirigem ao curral das exóticas búfalas.

Quarta  visitação  – Capril do Lago

Depois de passear metade de um dia e conhecer o trabalho nas propriedades anteriores, o visitante ainda se surpreenderá na Capril do Lago. Além da beleza da paisagem, com um imenso lago cortando toda a propriedade, que em certo momento encontra árvores centenárias, há muitas cabritinhas saltitantes ao redor. As crianças ficam encantadas com a oportunidade de oferecer mamadeiras às cabritinhas. Enquanto isso, uma

degustação cheia de sabores requintados é preparada pelos proprietários.

Final  – Empório Rural e Mundo Woods

A Rota do Queijo termina no Empório Rural, por volta das 17h. O Empório reúne todos os produtos da Rota. Além disso, é possível saborear sanduíches, sempre acompanhados de queijos e do melhor café coado na hora. O Mundo Woods faz sorteio de brindes e concede um certificado aos visitantes com carimbo no passaporte da Rota do Queijo.

Para mais informações sobre a Rota do Queijo: woods.wts@gmail.com

(24) 2452-7245

Fonte: WTS – Woods Tourism Sports

Fotos: Divulgação WTS