Museu do Pontal está de casa nova

Inaugura no próximo sábado, dia 9 de novembro, a nova sede do Museu do Pontal, no Rio de Janeiro. Referência internacional em arte popular brasileira, com mais de nove mil obras de 300 artistas, o maior acervo do gênero e de relevância reconhecida pela Unesco, está de casa nova, na Barra da Tijuca, próximo ao Bosque da Barra e vizinho ao condomínio Alphaville, distante apenas quatro quilômetros do Barra Shopping e da Cidade das Artes.

Depois de passar por uma série de inundações em seu antigo endereço, na região do Pontal no Recreio dos Bandeirantes, o que colocou em risco o acervo do Museu, a nova sede é o resultado do empenho e apoio de pessoas, empresas e da mídia. O edifício de 2.600 metros quadrados de área construída, projetado dentro do conceito de sustentabilidade pelos Arquitetos Associados, está assentado sobre um terreno de 14 mil metros quadrados, consolidado e livre de inundações. Com paisagismo assinado pelo Escritório Burle Marx, a área verde compreende jardins internos e no entorno do edifício, e uma praça, onde haverá atividades ao ar livre. Foram plantadas no local dezenas de milhares de mudas de 73 espécies nativas brasileiras, de árvores frutíferas e vegetação tropical às paisagens da caatinga. Várias espécies foram transplantadas da sede antiga para a nova.

Seis exposições inaugurais – “Novos Ares: Pontal Reinventado”

O conjunto de exposições inaugurais se chama “Novos ares: Pontal reinventado”, abrangendo obras do acervo e de coleções convidadas. São seis exposições, uma de longa duração, e cinco temporárias, que reúnem 700 conjuntos de obras. O Museu do Pontal terá ainda para receber os visitantes, um café/restaurante, uma loja, e extensa programação.

A exposição de longa duração faz homenagem à proposta original de apresentação das obras do Museu do Pontal criada por seu idealizador e fundador, Jacques Van de Beuque (1922-2000), que estabeleceu uma maneira própria e inovadora para apresentar o Brasil profundo revelado por seus artistas populares. Concepção que foi revisitada à luz de 2021, com uma nova compreensão dos ciclos criados por ele, que apontavam as transformações do Brasil com a migração da área rural para a cidade. Em torno da exposição central, estarão cinco outras, temporárias, focadas na diversidade da produção artística do país, com esculturas que dialogam com temas fortes da cultura brasileira, a partir dos olhares originais de seus autores.

Serviço: Museu do Pontal

Avenida Celia Ribeiro da Silva Mendes, 3.300, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, CEP

22790-711[ao lado do condomínio Alphaville]

Quinta a domingo, das 9h30 às 18h

Entrada gratuita, com contribuição voluntária

Protocolo anti-Covid

Será exigido comprovante de vacinação contra a Covid-19 (impresso ou digital), e o uso de máscara é obrigatório durante todo o período de permanência no Museu.

Canais digitais:

Site: http://www.museucasadopontal.com.br/

Instagram: @museucasadopontal

Youtube: www.youtube.com/museucasadopontaloficial

Facebook: @museucasadopontaloficial

Fonte: CWeA Comunicação